ivc.png

Fesporte contempla mais de 270 mil atletas em 2018

Assessoria de Imprensa por CO


Criada em 1993 por meio da Lei 9.131, a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) completou 25 anos de fundação. Desde a sua criação, mais de 10 milhões de atletas passaram por seus eventos esportivos, cujo calendário é composto por 10 programas, que somados em todas as suas fases correspondem a 259 eventos. Em 2018, tiveram a participação de 273.715 atletas com idade a partir de 12 anos.

A gestão esportiva promovida pela Fesporte está dividida em três setores: esporte de rendimento, de participação e de base e inclusão (escolar). Essas áreas realizam 10 programas esportivos, cuja maioria tem em sua formatação três etapas: microrregional, seletiva e estadual, atingindo um total de 259 eventos diretamente promovidos pelo Governo do Estado. 

No leque dos eventos de rendimento a Fesporte realizou Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) e Joguinhos Abertos de Santa Catarina totalizando 23.383 participantes. 

Já no campo dos eventos escolares foram realizados os Jogos Escolares de Santa Catarina de 12 a 14 anos (Jesc 12-14), Jogos Escolares de Santa Catarina de 15 a 17 anos (Jesc 15-17), Festival Escolar Dança Catarina, Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (Moleque Bom de Bola), Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc) e Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) com um total de 241.722 participantes. 

Nos eventos de participação, foram realizados os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) e Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) totalizando 8.610 participantes. 

Em 2018, a totalidade dos 273.715 de participantes dos eventos da Fesporte representou um acréscimo de 19,4% em relação a 2017. O investimento, neste ano, foi de R$ 10,1 milhões, um crescimento de 4,56% em comparação ao de 2017. O custo foi de R$ 37,03 por atleta participante.

Referência


Por seus eventos esportivos e por sua política de abrangência a Fesporte e Santa Catarina são consideradas referências para o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Comitê Paralímpico Brasileiro(CPB) e figuram entre as grandes instituições públicas do Brasil, ficando entre gigantes como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. Só nos últimos três anos os atletas catarinenses, gerenciados pela Fesporte, conquistaram 140 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ). 

Para a presidente da Fesporte, Natália Lúcia Petry, os eventos esportivos da instituição têm um impacto bastante positivo na sociedade catarinense, pois promove a vivência de valores necessários para o convívio em sociedade como a tolerância, a inclusão, o respeito, a disciplina e a perseverança na busca de objetivos. 

"O esporte é uma atividade abrangente, visto que engloba diversas áreas importantes para a humanidade, como saúde, educação, turismo, segurança, entre outros. O esporte é uma ferramenta de transformação social, sobretudo aos jovens. Por isso, presidir uma instituição que há 25 anos fomenta o esporte catarinense é motivo de muita satisfação. A Fesporte já faz parte da cultura esportiva de SC. Ao longo dos anos, por meio dos seus eventos, vêm revelando talentos esportivos para o Brasil". 

Em 2018, ao fazer uma análise da estrutura esportiva de Santa Catarina, gerenciada pela Fesporte, o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, o bicampeão paralímpico do futebol de 5 para cegos Mizael Conrado, disse que Santa Catarina é um dos Estados com o melhor trabalho de inclusão do Brasil, sobretudo com as crianças na atividade física. "Foi o Estado que primeiro criou uma competição estadual, os Parajasc, que é muito importante. Os Parajaps, no Paraná, certamente foram estimulados pelos Parajasc. Temos grandes trabalhos paradesportivos em todo o Estado de SC", destacou. 

O ex-judoca Rogério Sampaio, medalha de ouro nas Olimpíadas de Barcelona 92 e diretor-geral do COB destaca que Santa Catarina é muito ativo nos eventos realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil, movimentando sua juventude em prol dos benefícios da prática esportiva. "Agradeço o empenho de toda a Fesporte no trabalho desenvolvido em prol da evolução esportiva em todo estado", destaca Sampaio. 

Rogério Sampaio lembra que em setembro o COB realizou uma etapa regional dos Jogos Escolares em Joinville. "Este evento contribuiu para a disseminação dos valores e ideais olímpicos não só para o estado como para toda a Região Sul do país".


Divulgação

A mídia digital tem sido o principal veículo de divulgação dos eventos promovidos pela Fesporte. Foram feitas 36 mil publicações, entre notícias, fotos e vídeos. Essas publicações tiveram o alcance de certa de três milhões de pessoas, direta ou indiretamente. Dentro do que se pode apurar com veículos parceiros ou que tiveram autorização da Assessoria de Imprensa da Fesporte, foram 56 transmissões ao vivo, que totalizaram 4.656 minutos de transmissões, equivalente a cerca de 78 horas. Quanto ao predomínio de faixas etárias do público atingido, de 25 a 34 anos foram 37% e de 19 a 24 anos, 31%, sendo em 55% mulheres e 45% homens.

Imagens

Foto: Antonio Prado/Fesporte/Arquivo
Foto: Antonio Prado/Fesporte/Arquivo
Foto: Heron Queiroz/Fesporte/Arquivo





correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense