ivc.png

CONDENAÇÃO

Em Bom Retiro, homem é condenado a 12 anos de prisão por feminicídio

O réu não tinha antecedentes criminais e sua vida social era de um homem normal.

Taina Borges/Assessoria de Imprensa por CO
Foto: Divulgação/Assessoria

A única sessão do Tribunal do Júri na comarca de Bom Retiro neste mês de abril ocorreu na segunda, 1. O Conselho de Sentença condenou o réu acusado de matar a esposa, em 2016, no interior de Alfredo Wagner, por asfixiada. O juiz Edison Edison Alvanir Anjos de Oliveira Júnior fixou a sentença em 12 anos de prisão, em regime inicial fechado. 

Os jurados reconheceram, por maioria, a materialidade e autoria do fato e as qualificadoras da asfixia e o feminicídio. O magistrado aplicou a pena base do homicídio, que é de 12 anos. Com a agravante de o crime ser praticado contra mulher a pena subiu, mas foi atenuada por conta da confissão espontânea do acusado. Com a compensação, permaneceu a condenação inicial. 

O réu não tinha antecedentes criminais e sua vida social era de um homem normal. Em tese, teria cometido o crime por ciúmes, mas não há nenhuma prova específica, tampouco fatos que provem o desejo de matar.

 

Imagens

Foto: Divulgação/Assessoria
Foto: Divulgação/Assessoria




correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense