ivc.png

Moradores denunciam descarte de entulhos no Rio Desquite

Moradores do Bairro Pinheiros, em Otacílio Costa, flagraram caminhões da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) colocando entulhos na beira da rua Joao Carvalho e depois jogando no leito do Rio Desquite com uma retroescavadeira.

Elaine Leal - CO
Foto: Imagem Divulgação


Conforme a denúncia, essa é uma prática corriqueira da empresa. É possível encontrar nos entulhos pedaços de concretos, mangueiras, telas e até mesmo pedaços de asfalto. Tudo isso sendo empurrado para o leito do rio. A informação chegou até nós com diversas gravações em vídeo que foram feitas no dia 6 de agosto. "Foram retirados uma parte do barranco de terra para jogar em cima dos entulhos para tentar esconder a barbaridade que estavam fazendo", comentaram os moradores, que preferem não se identificar.

Os moradores ainda comentaram que estão tentando, juntamente com a prefeitura, um meio para que as enchentes sejam controladas, mas que, com práticas como essa, não tem como não haver enchentes. "Nos cobram uma fortuna pelo tratamento de esgoto, para tentar diminuir a poluição e tentar amenizar a situação, mas eles mesmos não estão nem aí para o meio ambiente", desabafaram.

Resposta da Casan

Leandro de Souza, chefe da agência em Otacílio Costa, explicou que foi a campo verificar o que estava acontecendo no local e constatou que não havia entulho jogado dentro do rio. O que aconteceu, segundo ele, foi que os funcionários aterraram uma parte da localidade para poderem chegar com o caminhão no booster (booster é uma bomba que funciona com alta pressão, que leva água para partes mais altas) e limparam o final da rua onde havia lixo jogado pela população em cima de um registro de descarga da companhia.

Como fazer a denúncia ao poder público

Conforme o promotor da comarca de Otacílio Costa, Guilherme Simas, o caminho para se denunciar ações como a mencionada na matéria é registrar um boletim de ocorrência na delegacia por crime ambiental. Qualquer pessoa pode fazer.

Ainda segundo o promotor, se comprovada a ação, o funcionário que jogou o lixo e quem mandou ele fazer isso seriam processados por crime ambiental e a Casan seria processada para pagar uma multa e reparar o dano.






correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense