ivc.png

Solidariedade em tempos de Covid-19

Grupos e empresários estão se reunindo, em Otacílio Costa, para ajudar os mais necessitados

Elaine Leal


m tempos de pandemia, atitudes de solidariedade têm se alastrado pelo Brasil e pelo mundo. Em Otacílio Costa, também há exemplos de amor e cuidado com o próximo. Nas redes sociais, na semana passada, várias pessoas postaram fotos de grupos de amigos e comerciantes otacilienses doando mantimentos para famílias carentes. 

Altair Xavier e Eris Macedo, sócios e donos do Mercado Ofertão, decidiram deixar uma cesta de pão na entrada do estabelecimento para que famílias que não têm dinheiro para comprar possam pegar gratuitamente algumas unidades. Eles criaram o Pão Solidário e vão distribuir enquanto a pandemia durar. "A gente está fazendo isto para dar um auxilio àqueles que, por causa da pandemia, ficaram sem salário e precisam de ajuda neste momento. Vemos que na cidade as pessoas são solidárias e nos juntamos à corrente do bem. Muitas pessoas pegam os pães e assim não estão passando necessidade. Nós vemos a educação delas, que chegam e só pegam o que precisam", falou Xavier.

O grupo Torcida do Bem também está altamente engajado nesta luta. Eles são cerca de 15 pessoas que, durante o ano todo, fazem algumas ações solidárias e ajudam levando cestas básicas para famílias. Conforme os representantes do grupo, para ajudar neste momento de pandemia eles, distribuídos pela cidade em parceria com alguns comércios, criaram as mesas solidárias: quem pode doa e quem precisa, pega. "Além destas ações também estamos levando algumas cestas diretamente na casa de algumas famílias, quando a gente recebe doações. As mesas estão localizadas na Mercearia Fátima, Verdureira Direto do Colono, Mercearia Econômica, Mercearia Ideal e Mercearia da Luana", explicaram.

"Eu peguei para levar para minha família. Eu e minhas duas crianças precisamos", disse a senhora Lucia Correia.

Na quinta-feira, 09, a senhora Lucia Correia, moradora do bairro Fátima, foi até a Verdureira Direto do Colono, local onde há uma Mesa Solidária, para retirar alguns alimentos para ela e sua família. De lá, saiu com duas bolsas com verduras e demais mantimento. "É muito bom saber que tem gente que ajuda quem precisa. Aqui em Otacílio tem muitas famílias que necessitam deste apoio. Agradeço a Deus por ter colocado no coração deles o desejo de nos socorrer. Um lindo ato de amor".

Ela, que tem dois filhos em casa, uma menina de quatro anos e um adolescente de 14, comentou que não tem dinheiro para comprar os mantimentos e que a ajuda chegou na hora certa. "Eu não gosto muito de ficar pegando, mas no momento estou precisando. Que mais pessoas possam ajudar quem precisa. Como tenho crianças e não tenho como comprar vim aqui hoje", desabafou.


A proprietária da verdureira, Adriana Fernandes, ressaltou que muitas pessoas procuram o estabelecimento pedindo ajuda para se alimentar desde que as restrições começaram na cidade. Ela disponibiliza algumas verduras, legumes e outros alimentos para os necessitados. De acordo com ela, muitos otacilienses chegam no local, compram e deixam disponível para doação. "Tem muitas pessoas chegando aqui e pedindo ajuda porque não tem o que comer em casa. Fiz pensando em ser solidária. Tem gente que chega aqui compra R$ 100 e deixa na mesa para doar. Crianças vem aqui e pedem para pegar macarrão, mesmo tendo bolachinha na mesa. Estou desafiando meus amigos a fazerem também", relatou.





correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense