ivc.png

Frente parlamentar em favor da nova rota do milho será instalada em Chapecó

AGÊNCIA AL por CO
Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL
Deputado Marcos Vieira, idealizador da Frente Parlamentar

Com objetivo de apoiar, agilizar e fortalecer os entendimentos para a importação do milho consumido em Santa Catarina, que virá do Paraguai, passando por balsas pela Argentina e entrando via terrestre por Dionísio Cerqueira e abastecer todo o Estado, será instalada nesta segunda-feira (11), às 9h, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó, a Frente Parlamentar da Nova Rota do Milho.

O encontro vai contar com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, lideranças empresariais e políticas do Brasil, Argentina e Paraguai. O evento integra a programação do 1º Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras, que ocorre dias 11 e 12 de novembro, que debaterá toda a cadeia produtiva, com palestras, rodadas de negócios em favor da nova rota do milho. 

Proposta pelo deputado Marcos Vieira (PSDB), a Frente Parlamentar reunirá deputados catarinenses e contará com o apoio dos parlamentares da Argentina e do Paraguai. "É um evento importante para Santa Catarina e especialmente para o Grande Oeste, pois vamos reunir todos os interessados em um assunto que promete ser um novo ciclo de desenvolvimento para nosso Estado, já que vai influenciar todos os processos que envolvem o milho para consumo animal." O parmentar salienta que a frente parlamentar vai garantir mais segurança jurídica e técnica em prol desta meta de suprir a necessidade catarinense do cereal e baratear os custos do transporte. 

Marcos Vieira explica que atualmente Santa Catarina é o maior importador de milho do país e adquire por ano mais de 3 milhões de toneladas do cereal de Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul. "Somos o maior produtor de suínos do Brasil, o segundo maior produtor de aves do país e temos um rebanho de mais de 4,5 milhões de cabeças de gado. Para atender essa produção, consumimos cerca de 7 milhões de toneladas de milho, um déficit que suprimos trazendo o cereal do Centro Oeste do país, rodando até 1.500 quilômetros. Com a nova rota do milho, reduziremos a distância para 500 quilômetros, barateando o custo do transporte." Para Marcos Vieira, a nova rota do milho será o novo marco para o agronegócio de Santa Catarina. 

A criação da Nova Rota do Milho começou a ser idealizada a partir de 2017, quando em Encarnacion, no Paraguai, foi realizado o encontro Conexão Transfronteiriça, que firmou um documento de intenções entre os três países. "Mas antes disso, estávamos estudando a Nova Rota do Milho há mais de um ano para que essa alternativa pudesse ser criada", explicou Marcos Vieira, que também participou do evento. A ideia da implantação da frente parlamentar começou neste ano, com apoio do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Julio Garcia (PSD). 

Integram também a frente os parlamentares da bancada do Oeste, formada pelos deputados Mauro de Nadal (MDB), Luciane Carminatti (PT), Moacir Sopelsa (MDB), Valdir Cobalchini (MDB), Altair Silva (PP), Jair Miotto (PSC), Neodi Saretta (PT), Fabiano da Luz (PT), Mauricio Eskudlark (PL), Padre Pedro Baldissera (PT), Romildo Titon (MDB), Nilso Berlanda (PR) e Marlene Fengler (PSD). 

Fórum Internacional Agro Sem Fronteira 

O 1º Fórum Internacional Agro Sem Fronteiras, evento que debaterá toda a cadeia produtiva, com palestras, rodadas de negócios e a instalação da Frente Parlamentar em Favor da Nova Rota do Milho, dias 11 e 12 de novembro, em Chapecó, é promovido pelo Bloco Regional de Intendentes, Prefeitos, Alcaldes e empresários do Mercosul (Bripaem) e pelo Fórum de competitividade e desenvolvimento da Região Oeste de Santa Catarina.

A organização solicitou apoio da Assembleia Legislativa no evento que vai reunir mais de 500 pessoas dos setores acadêmico, empresarial e das cooperativas de transformação e de produção do Brasil, Paraguai e Argentina. A entrada no evento é por meio de convite nominal e as inscrições podem ser feitas no site do evento. 

A meta do fórum é fortalecer o agronegócio e principalmente desencadear uma oportunidade de apresentar novas experiências e potencialidades que podem ser desenvolvidas em todo esse território. 





correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense