ivc.png

WhatsApp Image 2018-11-04 at 22.00.02.jpeg

Iniciativas no câmpus do IFSC em Lages, buscam destacar presença de mulheres na engenharia

19 Outubro 2018 09:36:00

Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

As mulheres ainda são minoria nos cursos de engenharia do IFSC, mas iniciativas nos câmpus Lages e São José visam dar mais visibilidade a elas num meio ainda considerado "masculino". Isso ocorre por meio de um projeto de extensão em São José e de uma campanha organizada pelas próprias alunas em Lages.

Atualmente, o IFSC possui oito tipos de cursos de engenharia (Civil; de Controle e Automação; Elétrica; Eletrônica; Mecânica; Mecatrônica; de Produção; e de Telecomunicações), nos quais apenas 19,1% dos estudantes são mulheres. O curso com maior presença feminina é o de Engenharia Civil (40,1% de alunas), enquanto o que tem a menor é o de Controle e Automação (8%). 

O curso de Engenharia de Telecomunicações, oferecido apenas no Câmpus São José, está um pouco acima da média do IFSC no que diz respeito à presença de mulheres (20,8%), mas, ainda assim, elas enfrentam dificuldades que só elas sentem, inclusive o sentimento de solidão. Para que possam compartilhar suas experiências e problemas na rotina do curso, as alunas, em torno de 15, participam a cada duas semanas de rodas de conversa que envolvem também a professora Evanaska Maria Barbosa Nogueira e uma psicóloga do câmpus. A iniciativa teve origem no projeto de extensão "Lugar da mulher é onde ela quiser, inclusive na engenharia". 

Coordenadora do projeto, que começou em abril, Evanaska conta que o objetivo dele é incentivar alunas do ensino médio a entrar na engenharia e "inspirar as meninas a continuar no curso". Uma das maneiras para fazer isso é trazer exemplos de mulheres de sucesso na engenharia. "A ideia é que elas vejam esses exemplos e pensem 'olha onde ela está: é onde quero chegar'", comenta. Entre outras atividades previstas no projeto, estão visitas a escolas e palestras com o objetivo de aumentar o interesse das estudantes na área de exatas. 

Estudantes de Lages querem mostrar que engenharia também é para mulheres 

"Engenharia também é coisa de mulher" é uma dentre muitas frases estampadas em placas usadas pelas alunas do curso superior em Engenharia Mecânica do Câmpus Lages. O câmpus apresenta o maior percentual de mulheres matriculadas no curso de Engenharia Mecânica no IFSC, além de ser maior que as médias estaduais e nacionais dos institutos federais, de acordo com dados da Plataforma Nilo Peçanha, que reúne estatísticas dos IFs de todo o País. Entretanto, o número de homens ainda é maior: enquanto as mulheres atingem 15,3% do total de alunos no curso em Lages, os homens chegam a 84,7% (94 homens e 17 mulheres). 

O medo do preconceito, de não ser aceita e de estar em um ambiente com mais participação masculina é um dos fatores que impedem muitas meninas de iniciar esse curso, na opinião de Tatieille Liz, lageana, da quarta fase da Engenharia Mecânica. "Criou-se uma imagem de que a área da mecânica é para homens. Muitas pensam que é algo muito difícil. Parece ser impossível pelo fato de as mulheres terem menos contato com essas coisas, quando na verdade não existe nenhuma barreira, qualquer uma, desde que queira, pode aprender", diz. 

Cursos têm poucas professoras 

Atualmente no Câmpus Lages, há somente uma professora mulher na área de processos industriais, que dá aula para os cursos técnicos em Eletromecânica e Mecatrônica e vai começar a lecionar para a Engenharia Mecânica. A professora Adriellen Lima de Sousa é engenheira de controle e automação e explica que a responsabilidade de um engenheiro é desenvolver soluções, através da capacidade lógica e do conhecimento matemático para problemas técnicos em sistemas, serviços ou produtos. "Ao contrário do que muitos acreditam, realizar esforços físicos para implementar as soluções elaboradas não necessariamente competem ao engenheiro", destaca a professora. 

No Câmpus São José, de 28 professores efetivos (excluindo substitutos) vinculados à Coordenadoria da Área de Telecomunicações, apenas quatro são mulheres, segundo informações do Sistema de Gestão de Pessoas do IFSC. A professora Evanaska Nogueira, que coordena o projeto de extensão "Lugar da mulher é onde ela quiser, inclusive na engenharia", é uma delas. 

A estudante Jeneffer Farias, bolsista do projeto "Lugar da mulher é onde ela quiser, inclusive na engenharia" e que pretende ser professora, lembra que as mulheres são maioria no ensino superior no Brasil, embora mais concentradas em cursos como Administração e Pedagogia e da área de saúde. "Isso é cultural, mas temos que criar a consciência de que a cultura pode ser mudada. A gente faz isso por meio da educação", opina. 

Saiba mais 

Para ingressar em um curso superior de engenharia do IFSC, é preciso fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e realizar a inscrição via Sisu.



Leia Mais


07 Novembro 2018 15:55:00
REFORMA

Para os trabalhos de melhorias a equipe da Secretaria de Agricultura e Pesca irá interditar o trânsito no local

Autor: Assessoria de Comunicação de Lages

01 Novembro 2018 10:04:00
URUBICI

Autor: Amures por CO

19 Outubro 2018 11:37:00
OVINOCULTURA

Autor: Oneris Lopes por CO

19 Outubro 2018 09:36:00

Autor: Coordenadoria de Jornalismo do IFSC

15 Outubro 2018 09:43:10

Autor: Comunicação/ Prefeitura de Palmeira

29 Setembro 2018 09:38:00
LAGES

Fundação Cultural de Lages dá continuidade ao espaço no Terminal Urbano que permite acesso à leitura


28 Setembro 2018 16:37:00
COMEMORAÇÃO

Autor: Assessoria AMURES por CO

20 Setembro 2018 17:06:00
ANIMAÇÃO

Em 2018 o DIA vai para a sua 15ª edição, conquistando, a cada ano, maior visibilidade e parceiros em diversos municípios brasileiros


20 Setembro 2018 10:35:00
AMURES

Os prefeitos receberam ainda, a proposta de adesão ao Programa de Reordenamento Urbano

Autor: Assessoria por CO

10 Setembro 2018 15:29:00
HOMENAGEM À PÁTRIA

Estudantes esbanjaram criatividade e beleza durante desfile.

Autor: Elaine Leal/ CO

10 Setembro 2018 13:52:00
ARRANCADA DE CARROS

A maioria dos competidores eram de Lages, além de pilotos vindos de Araranguá e Otacílio Costa, dentre outros municípios da Serra

Autor: Assessoria por CO

09 Setembro 2018 13:29:00
MONITORAMENTO

As coletas do Vigiágua são analisadas no Laboratório de Águas

Autor: Assessoria por CO

04 Setembro 2018 10:09:00
LAGES

Desde as 15h o tráfego de veículos fluirá em meia-pista na rua Joinville

Autor: Assessoria por CO

02 Setembro 2018 16:18:52
LAGES

A Defesa Civil está monitorando rios, encostas e áreas de risco

Autor: Assessoria por CO

01 Setembro 2018 10:59:00
PAINEL

Autor: Assessoria por CO

01 Setembro 2018 10:56:00
COMBATE ÀS DROGAS

Autor: Assessoria PBC por CO

01 Setembro 2018 10:52:00
BOCAINA DO SUL

Autor: Assessoria PBC por CO

01 Setembro 2018 10:45:48
LAGES

Uma possível parceria com o programa Qualifica Mais Lages, da Secretaria do Desenvolvimento, visa oferecer oficinas de costura às mulheres que se interessam pelo ramo e assim possam preencher as vagas que estão disponíveis

Autor: Assessoria PML por CO

01 Setembro 2018 10:27:00
LAGES

Operários, máquinas e caminhões da prefeitura estarão concentrados na parte da Presidente Vargas próxima ao viaduto e ao cemitério, no sentido Penha - Centro

Autor: Assessoria PML por CO

30 Agosto 2018 14:42:00
LAGES

Dia 1º de setembro é comemorado em todo o país o Dia do Profissional de Educação Física.

Autor: Assessoria por CO


Dê sua opinião:

Qual dos dois times Otacilienses têm mais chance de conquistar o título da Liga Riosulense 2018?

Poço Rico
Ponte Preta

Apresentar resultado





correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense