ivc.png

Operação Diploma Fácil apura venda de certificados de conclusão de curso superior em Lages

GAECO cumpre dois mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão nesta quinta-feira (8/8)

Comunicação MP
Foto: Comunicação MP

Na manhã desta quinta-feira (8/8), o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), deflagrou a operação batizada como "Diploma Fácil", realizando o cumprimento de mandados de prisões temporárias e buscas e apreensões no município de Lages. O GAECO é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal e Secretaria Estadual da Fazenda

Ao todo, foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Lages dois mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão, quebra do sigilo bancário e sequestro de valores, em desfavor dos investigados, os quais foram cumpridos por Policiais do GAECO, contando com o apoio dos policiais civis da DIC/Lages e policiais militares da Agência de Inteligência do 6º BPM/Lages.

O nome da operação se deu em virtude de que os crimes praticados estão relacionados com a "venda" de diplomas/certificados de conclusão de curso superior para posterior utilização pelos beneficiados em concursos públicos que preveem referida exigência em seu edital. De acordo com as investigações, após realizarem os respectivos pagamentos, os alunos recebiam provas já respondidas e trabalhos prontos, tudo com o fim de obterem, em tempo mínimo (até três meses), os respectivos diplomas.

Entre os materiais apreendidos estão celulares, computadores, contratos, diplomas, trabalhos, provas e comprovantes de pagamentos. Mais informações não poderão ser prestadas neste momento em virtude da continuidade das investigações.


Imagens

Foto: Comunicação MP
Foto: Comunicação MP





correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense