ivc.png

unilages.jpg

anúncio COC SITE.jpg
PANDEMIA

Coronavírus: Centro de Triagem da Covid-19 completa sete meses de funcionamento em Lages com mais de 17 mil atendimentos realizados

A estrutura é referência no atendimento de pacientes oriundos de Lages e dos demais municípios da região da Amures. O maior volume de atendimentos ocorreu no mês de agosto, onde 4.895 pessoas estiveram no local

Assessoria por CO
Foto: Divulgação/internet

O Centro de Triagem da Covid-19, montado estrategicamente no prédio que antes abrigava o Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro de Lages, chegou a marca de 7 meses ininterruptos de funcionamento. Desde a abertura no dia 30 de março, até o sábado (31 de outubro), foram registrados 17.171 atendimentos. 

O local recebe moradores de Lages e dos demais municípios da região da Amures, que apresentem os sintomas característicos do novo Coronavírus. O secretário da Saúde de Lages, Claiton Camargo de Souza ressalta que a abertura do Centro de Triagem, da Covid-19 capitaneada pelo Município, foi possível graças a união de esforços. "Pelo fato de Lages ser uma cidade polo na região, nos planejamos enquanto poder público, juntamente com alguns membros da sociedade civil, empresários, Exército e direção da Amures, para atender os possíveis casos da Covid-19 que começaram a surgir na região em março. Lages foi uma das primeiras cidades do estado a contar com uma estrutura desse porte", salienta. 

Etapas de atendimento 

Os pacientes que vão até o local passam inicialmente por uma triagem, com o preenchimento de uma ficha com os dados pessoais, verificação de sinais vitais (aferição de pressão arterial, frequência cardíaca e saturação). Na sequência é feita a classificação de cada caso pelo critério clínico, e a equipe multiprofissional avalia o quadro do paciente. O médico responsável técnico pelo Centro de Triagem da Covid-19, Leonardo Augusto Coelho ressalta que os casos graves têm prioridade de atendimento. "Na avaliação médica analisamos todos os critérios necessários, como por exemplo, se o paciente se enquadra no período certo para a coleta de material para exame de investigação ou se precisa aguardar mais alguns dias", acrescenta. 

Na etapa de estratificação de risco, o Centro de Triagem da Covid-19 foi dividido em três ambientes: a sala Verde onde os pacientes com menor gravidade são avaliados pelo médico de plantão e encaminhados para coleta de material para teste ou liberados após as devidas orientações. Na sala Amarela são direcionadas as pessoas que estejam com alguma complicação e precisam ficar sob observação médica. Já os pacientes com quadro acentuado ou grave são encaminhados à sala Vermelha que funciona como uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e está devidamente equipada para oferecer todo suporte de atendimento imediato, com respiradores, monitores, medicação e itens para intubação de pacientes. 

A diretora de Atenção Básica, que compreende o Centro de Triagem da Covid-19, Francine Formiga ressalta que para garantir o funcionamento da estrutura durante 24 horas por dia, os profissionais da saúde se revezam em sistema de turnos. "O local mantém leitos para cuidados intermediários e leitos com respiradores para os casos mais graves. Nesses sete meses estamos mantendo equipes de plantão durante o dia e a noite, para atender a população", acrescenta. 

Aumento do número de atendimentos 

No comparativo com setembro, é possível perceber que durante o mês de outubro houve aumento de 68% no volume de atendimentos no Centro de Triagem da Covid-19. O pico mensal aconteceu no dia 29 de outubro, quando foram registrados 180 procedimentos no local. 

Os 17.171 atendimentos realizados no Centro de Triagem da Covid-19 estão distribuídos da seguinte forma: 61 em março; 708 em abril; 632 em maio; 1.289 em junho; 4.149 em julho; 4.895 em agosto; 2.204 em setembro e 3.233 em outubro. 

Procura durante o final de semana 

Durante o último final de semana foram registrados 230 atendimentos no Centro de Triagem da Covid-19, sendo 125 no sábado (31 de outubro) e 105 no domingo (1º de novembro). O secretário da Saúde, Claiton Camargo de Souza, destaca que a partir da segunda semana de outubro foi possível perceber aumento na procura por atendimentos no Centro de Triagem. "Apesar de acompanharmos essa elevação na procura pelo Centro de Triagem no mês de outubro, percebemos que a maioria desses pacientes não estão se revertendo em taxa de ocupação de leitos UTI-Covid", finaliza.





correiootaciliense




Logo_CO_rodape.png
IVC.jpeg

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense