Siga-nos nas Redes Sociais:




INFORMAÇÂO

Dona Zélia Sutil: há 600 semanas consumindo o melhor da informação na Capital da Madeira

Credibilidade, foco e inovação. Os motores que fazem do CO o jornal da dona Zélia - e do otaciliense - há mais de dez anos.

Alisson Magalhães / CO
Foto: Alisson Magalhães / CO

Na quinta-feira, 13, o jornal Correio Otaciliense se orgulhou em entregar a Otacílio Costa sua edição de número 600, que representa onze anos de muito trabalho trazendo o melhor da informação e registrando a história de nossa cidade e dos personagens que construíram a Capital da Madeira que conhecemos hoje.

Pessoas como a dona Zélia Sutil da Costa, 71 anos, moradora do bairro Fátima, uma das mais antigas assinantes do jornal, que nos acompanha desde o início e escolhemos para, junto conosco, comemorar essa edição 600 por simbolizar, com sua história, a garra, a persistência e a luta do povo otaciliense. "Eu adoro ler o jornal, as matérias. Gosto de ler tudo, mas o que mais me interessa é ler aquelas histórias antigas. Eu adoro, porque aquilo é as coisas antigas. "Entrete" a gente ler aquilo e as notícias", conta, com seu exemplar em mãos.

Mãe de cinco filhos, dona Zélia mora no bairro Fátima há mais de quarenta anos e viu todo o desenvolvimento do bairro e da cidade. "Quando eu cheguei aqui, tinha minha casinha aqui, uns lotes grandes e tudo era pasto do Bastiãozinho Soares, e tinha outra casa de esquina, do falecido João Maria Vargas. No mais eram tudo lotes vazios, e hoje tá uma cidade, né", relembrou.

Um dos passatempos preferidos de Dona Zélia está na lavoura. Com um lote anexo à sua casa, ela aproveita para passar parte do dia na lida do campo, plantando Aipim, Batata Doce, feijão e verduras para consumo próprio, que ela só divide com seus cinco filhos. 

Alisson Magalhães / CO/Dona Zélia lendo a edição 599, primeira edição do ano, que adiantou aos otacilienses, com exclusividade, os efeitos da estiagem e da Alta Temperatura nas lavouras da cidade.

Jornal CO: Pioneirismo e inovação à moda antiga, honrando a história e com a ética de sempre

Assim como dona Zélia, o CO também nutre respeito e admiração pela história, e conserva esse valor na forma como produz o conteúdo informativo que chega aos otacilienses todos os dias pelos canais digitais e, semanalmente, pelo jornal impresso. Ao longo destes 11 anos, o Correio Otaciliense esteve na vanguarda da inovação nas diferentes áreas do setor de comunicações da cidade, sendo um veículo pioneiro em diversas ocasiões. Foi a partir do CO que o conceito de jornalismo On-line chegou à Capital da Madeira. O veículo, inclusive, já foi eleito pela Adjori, o melhor veículo de jornalismo On-line do interior de Santa Catarina, em 2017, e desde então sempre esteve entre os dez melhores na categoria. 

Sabedores de que as tecnologias avançam, mas os valores morais não, o jornal, que já vem passando por algumas melhorias e transformações ao longo dos últimos meses, se prepara para dar outro salto que vai proporcionar ao otaciliense uma nova experiência na produção de conteúdo, com maior integração entre o papel e os canais digitais. "Sabemos que as tecnologias estão aí e precisamos nos atualizar de forma constante. Por isso o jornal está se preparando para inovar, mais uma vez, trazendo mais opções para o otaciliense consumir conteúdo informativo. Sabemos inovar, mas também sabemos que precisamos honrar a história, por isso sempre avançamos com muito cuidado. Vem boas novidades por aí", disse a diretora geral do CO, Maria Caroline Pinheiro.

Você pode adquirir seu exemplar, semanalmente, nos diversos pontos de venda pela cidade, ou fazer sua assinatura, entrando em contato pelo telefone (49) 98825-0002.





correiootaciliense


Logo_CO_rodape.png

Endereço: Rua Aristeu Andrioli, 592 - B. Pinheiros - Otacílio Costa - SC
Email: correiootaciliense@gmail.com
Telefone: (49) 3275 0857

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio Otaciliense